O QUE HÁ DE COMUM ENTRE A TESOURA E O SUPORTE DOS ÓRGÃOS PÉLVICOS? (PARTE 2)

Imagem post2

 

 

PARTE 2: A LESÃO DOS MÚSCULOS LEVANTADORES DO ÂNUS ESTÁ ASSOCIADA AOS PROLAPSOS DE ÓRGÃOS PÉLVICOS?

A hipótese de que a lesão dos MLA é importante causa de POP estabelecida por Halban e Tandler está agora provada. Lesões extensas dos MLA atingindo mais da metade do ventre muscular são mais frequentes entre mulheres com POP do que entre aquelas sem POP (34-55% x 16%). Aparentemente, estão relacionadas à lesão da porção pubovisceral (erroneamente denominada de pubococcígeo – já que a inserção do músculo está provada ser nas vísceras e não no cóccix) e não da porção puborretal, considerando a confusão de terminologia existente com relação à denominação das porções do MLA (FIGURA 2).

Essa lesão ocorre na frequência de 13-36% entre as mulheres com parto vaginal e envolve a desconexão do m.pubovisceral do osso púbico, cuja inserção se dá por uma aponeurose fina e transparente que surge tangencialmente ao periósteo púbico. Essa característica anatômica a torna sujeita à lesão quando as forças na direção da fibra excedem a força no ponto de inserção do músculo.

CompartilharShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>